05/02/2020 | 15:02:21 - No retorno aos trabalhos, vereadores aprovam Moção de Repúdio a

Os vereadores de Barracão estiveram reunidos na noite de ontem (04), para a primeira sessão ordinária do ano. Dentre os temas discutidos, foram aprovadas duas moções e um projeto de lei de autoria do executivo entrou em tramitação nas comissões.

 

Repúdio a ANEEL

 

Os vereadores David Woichikowski - PV, Eneas Flores - PT e Airton de Oliveira - DEM encaminharam a moção 01/2020- em repúdio a ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica), que está propondo uma nova taxa sobre o valor da energia produzida. A medida quer reduzir os incentivos para consumidores que produzem sua própria eletricidade, o que a maioria dessas pessoas faz usando painéis solares. Em termos técnicos, o que está em jogo é algo chamado geração distribuída - nome dado à energia gerada próxima ou no próprio local de consumo - nos formatos de micro (até 75 Quilowatts) e minigeração (acima de 75kW até 5 Megawatt). Na prática, os produtores independentes pagarão taxas que correspondem a 62% da tarifa de energia. Esse acréscimo já foi apelidado de "Taxa do Sol".



David Woichikowski - PV, manifestou preocupação com relação a possível taxação, o vereador alegou que a questão da energia solar, além de ser limpa, trás economia e lamentou que a ANEEL pretenda implantar, visto que a instalação de energia solar tem custos relativamente altos e mais uma taxação inviabilizaria o avanço deste tipo de tecnologia. 

 

O vereador Marcos Dombroski - MDB, manifestou apoio a moção e afirmou que aqui na Tri-Fronteira diversos empresários investiram valores substanciais na instalação de sistemas de energia solar e diante disso, fizeram planejamento para o auto pagamento do investimento, e tal taxação, traria prejuízo a essas pessoas. O Mdebista também sugeriu que a moção fosse encaminhada para assinatura dos vereadores de Dionísio Cerqueira, para endossar o posicionamento contrário as novas medidas.


Enéas Flores do PT seguiu os colegas, e no uso da palavra sugeriu que a moção seja levada a apreciação no próximo encontro da ACAMSOP (Associação das Câmaras Municipais do Sudoeste Paraná), dando assim mais corpo ao manifesto contrário a taxação.

 

Lucia Cardoso Cogo



Os vereadores Valdelírio Borges - PSC, Enéas Flores - PT e Marcos Weiss - PSC, apresentaram a moção 02/2020 pedindo que seja expedida e entregue moção a Família Cogo pelo passamento da Senhora Lucia Cardoso Cogo. Valdelírio pediu a aprovação e afirmou que ela foi uma pessoa pioneira no munícipio e sempre foi muito ativa na sociedade barraconense.

 

 Juiz na Comarca de Barracão


 
O vereador Marcos Weiss do PSC, manifestou apoio a iniciativa da Ordem dos Advogados do Brasil - OAB / Subseção de Francisco Beltrão, juntamente com prefeitos e lideranças dos municípios envolvidos pela comarca de Barracão que tem reivindicado a nomeação, pelo Tribunal de Justiça do Paraná - TJ-PR, de um juiz titular para a comarca. Desde o afastamento da então juíza titular, Branca Bernardi, a comarca teve apenas a presença de juiz substituto, ocasionando acúmulo de processos e morosidade no julgamento e sentenciamento. Uma reunião já foi realizada, na semana passada, entre advogados e lideranças, com a definição do agendamento de uma reunião no Tribunal de Justiça do estado, para tratar dessa questão. No próximo dia 13 uma comitiva de advogados e lideranças locais participarão de uma reunião no TJ-PR pedindo uma solução para o impasse. Weiss sugeriu que a câmara encaminhe um oficio assinado pelos vereadores pedindo também solução para a questão.

 

Obra na Câmara

 

No fim do ano passado, a gestão da Câmara de Vereadores deu início a obra de conclusão do prédio com reforma da parte superior, construção da nova escada e rampa de acessibilidade conforme normas fiscalizadas pelo Corpo de Bombeiros. Para o presidente da Câmara de Vereadores, Ari Dickel do MDB, a probabilidade é de que até abril os trabalhos sejam finalizados.


 
"Temos um contrato com a empresa vencedora da licitação e a previsão em contrato é de encerramento para fim de abril, e segundo, a empresa antes do final de abril é possível que a obra seja finalizada", disse Dickel.

 

Ano de muito debate no legislativo?

 

Sobre a condução dos trabalhos frente a Câmara, Ari adotou um tom pacifista, mas reconheceu que o ano de eleitoral poderá incorrer em discussões acaloradas no plenário, mas que isso faz parte do debate democrático.

 

"Sabemos que esse ano haverá eleições municipais, mas eu tenho a tranquilidade e sei que os vereadores são parceiros, todos vivem em harmonia e acho que não vamos ter maiores problemas, claro que vai existir algumas discussões de repente mais acaloradas, pois é um ano político, mas isso é normal é da democracia  e acho que sem maiores problemas vamos continuar administrando  como gerimos essa casa no primeiro ano do meu mandato como presidente", disse o presidente. 

 

Antonio Mendonça/ Portal Tri 

IMPRIMIR   |    MANDAR POR EMAIL

VEJA TAMBÉM




ENQUETE

O que acha do atual governo federal?

Excelente
Muito bom
Normal
Ruim
Péssimo

Votar

resultado parcial...

Atendimento (49) 3644.2501
camarabarracao@hotmail.com

Endereço:
Rua Vereador Augusto Angelo dos Santos, 342
Bairro Nossa Senhora de Fátima - Barracão - PR


© 2012 - Desenvolvimento: Portal Tri
mandar por e-mail
* campos são obrigatórios